JARDIM DAS HESPÉRIDES – NA ROTA DE CALE, DEUSA DUPLA, HONRANDO A SENHORA DO VERÃO
E A ANCIÃ DO INVERNO

 

Sacerdotisa acompanhante: Luiza Frazão

Coordenadora: Sonia Maria Clausen
 

12 de setembro a 01 de outubro de 2020

A herança da Deusa no nosso território é imensa e não pára de revelar-se, sendo uma das mais antigas, ricas e bem preservadas do mundo céltico e mais além.

À medida que os véus que escondem a Sua dimensão, designada entre nós por Jardim das Hespérides, se vão lentamente abrindo, a visão das várias camadas do antigo culto da Deusa torna-se cada vez mais nítida e fascinante, quando nela focamos a nossa atenção, e sobretudo quando visitamos os antigos lugares sagrados que são os portais pelos quais mais facilmente acedemos à Sua maravilhosa, transformadora e curadora energia.

 

Entre as várias camadas culturais que por milénios se foram formando no território, por influências várias, é possível distinguirmos de forma nítida aquela que, sendo bem antiga e primordial, enforma ainda hoje a religiosidade popular e o culto da Senhora entre nós. A visão da Deusa como Dupla, espelhando a alternância das estações, do dia e da noite, da luz e da escuridão, das fases ovulatória e menstrual da mulher, é claramente perceptível na forma como a Deusa continua ainda hoje em dia a ser cultuada no território português.

 

Esta peregrinação oferece-te a oportunidade de penetrares no Jardim das Hespérides pelo seu portal mais sagrado e de aí conheceres e percorreres os lugares onde a Deusa foi e continua a ser a Pastorinha, a Donzela que, tal como Perséfone ou Proserpina, sofreu martírio, como acaba o Verão e a terra fértil dá lugar às desoladas e estéreis paisagens do Inverno… E no entanto, erguendo as brumas do Seu mistério, é possível reconhecê-La no lugar mais inesperado e ainda assim um dos mais conhecidos e frequentados do mundo inteiro, se tivermos olhos e inteligência do coração para isso. 

 

À medida que seguimos para Norte, honraremos igualmente em cerimónia a Deusa Anciã, nos Seus lugares mais sagrados, sem deixarmos de nos conectar com a apaixonada e fértil energia de Maio, do festival celta de Beltane, o festival da Deusa Amante, que nos aguarda na Casa do Amor, dirigida por Amala Oliveira.

 

Como é próprio duma peregrinação, adentraremos dimensões físicas e etéricas, sagradas e profanas, deste mundo e de outros mundos, abrindo o nosso coração à energia mágica e curadora do Jardim das Hespérides, das irmãs do Poente que guardam os segredos da imortalidade...

Programa detalhado:  www.anamcarabrasil.jimdo.com

 

 Informações  Sonia Maria

0 55 41 99579-5592

somcla@hotmail.com

Luiza Frazão, Sacerdotisa da Deusa,

de Avalon e de Rhiannon 

© 2023 por Notas Musicais.

Orgulhosamente criado com Wix.com